Papel de parede volta de Jesus
"ENTREGA TEU CAMINHO AO SENHOR, CONFIA NELE E O MAIS ELE FARA".
SALMOS 37.5

sexta-feira, 3 de maio de 2019

60ª Assembléia da Associação Batista Caxiense

A 60ª Assembléia da ABC terá uma proposta bem dinamica e celebrativa. 

No dia 03 duas plenárias com a OPBB-DC e ADIBERJ Caxiense. Além dos oradores Pr.Eber Silva (SIB em Campos), Pr.Elias Valério (PIB Lote XV), Pr.Oséias Silva ( Executivo do Programa Reencontro) e Pr.Neemias Santos Lima ( Igreja Batista do Braga- Cabo Frio), participações musicais, fechando com chave de ouro o evento com a UFMBC.

Esse ano o tema é Ensinando a Mensagem do Reino de Deus! Serão dias preciosos que vão impactar a vida dos batistas caxienses e também da igreja que vai nos acolher.

Esse ano para as inscrições da 60ª Assembléia da ABC será solicitado uma oferta de R$ 10,00 para custear a logistica do evento.

Maiores informações:

021 99284-6772
Email: carlorsantos8@gmail


A imagem pode conter: 3 pessoas, texto

quarta-feira, 3 de abril de 2019

70 livros de metal que podem mudar a história bíblica

A descoberta de 70 livros de metal pode ser o maior achado desde que encontraram os Pergaminhos do Mar Morto, mas este achado colocou os estudantes da história bíblica em alarme. Esta coleção de 70 pequenos livros amarrados com fios pode conter alguns dos segredos dos primeiros dias do cristianismo. Por esta razão, a Igreja e os mais altos órgãos religiosos começaram a questionar e pesquisar fatos antes nunca sabidos.

O achado consiste em uma coleção antiga de 70 pequenos livros, cada um com 515 páginas cheias de informações de alta relevância que podem revelar alguns dos segredos do cristianismo primitivo. Para os estudiosos da religião, este é um tesouro inestimável que pode representar um marco na história da humanidade.

Ziad al-Saad, diretor do Departamento de Antiguidades da Jordânia, disse que pode ser “a descoberta mais importante na história da arqueologia“. Os livros foram descobertos apenas recentemente em uma caverna localizada em uma região muito remota da atual Jordânia. Acredita-se que eles pertenciam aos cristãos que fugiram após a queda de Jerusalém em 70 d.C. Os livros são tão antigos que testes iniciais indicam que alguns dos exemplares de metal datam do primeiro século.

Os pesquisadores estão divididos em opiniões quanto à autenticidade dos livros descobertos. Apesar da dúvida que ainda paira, os estudiosos comunicaram que se for confirmada a autenticidade do material, o mesmo se tornará uma das descobertas mais importantes da história da humanidade. Incrível, não é?
A maioria das páginas desses manuscritos são do tamanho de um cartão de crédito. Os textos são escritos em hebraico antigo e a grande maioria de seu conteúdo está em uma espécie de código secreto. O britânico David Elkington, um acadêmico de arqueologia e antiga história religiosa, é um dos poucos que conseguiu examinar o conteúdo desse tesouro. “É impressionante pensar que temos acesso a objetos que podem ter pertencido aos santos da Igreja primitiva“, disse David.

Quanto à descoberta dos manuscritos, foi graças a um beduíno da Jordânia que tempo depois de se deparar com o achado, decidiu vender o material a um beduíno israelense. O governo jordaniano está tentando repatriar as relíquias, mas, até o momento, ainda não obteve sucesso.

“É evidente que existem imagens cristãs, pois podemos ver uma cruz em primeiro plano e por trás disso algo que pode ser a representação do túmulo de Jesus. Consiste em uma pequena construção com uma abertura e, por trás dela, podem ser vistas as paredes de uma cidade… Sendo assim, acreditamos que o desenho se refere a uma crucificação cristã ocorrida fora dos muros da cidade“, explica Philip Davies, professor emérito de estudos bíblicos na Universidade de Sheffield, na Inglaterra.
Como todos sabem, o Apocalipse fala de um livro selado que só foi aberto pelo Messias. Também há outros textos antigos da época que falam dos livros selados de sabedoria e uma tradição secreta que Jesus compartilhou apenas com os seus discípulos mais próximos. “Os cristãos estão particularmente associados à escrita na forma de um livro.

Eles selaram os livros como parte de uma tradição secreta do cristianismo primitivo. Desta forma, se as análises iniciais forem realmente confirmadas, esses livros podem trazer uma nova luz dramática para a nossa compreensão de um período importante da história, mas até agora pouco conhecido“, diz a Dra. Margaret Barker, ex presidente da Sociedade de Estudos do Antigo Testamento. Essa descoberta poderia pôr fim às preocupações levantadas por outros estudos sobre a verdade da existência do “Jesus histórico”.

terça-feira, 5 de março de 2019

Bancada evangélica diz que desfile da Gaviões da Fiel “não é arte, é crime”



A Frente Parlamentar Evangélica pronunciou-se oficialmente em relação ao desfile da escola Gaviões da Fiel, no Carnaval de São Paulo.
Em nota enviada ao Gospel Prime, assinada pelo seu atual presidente, deputado Lincoln Portela (PRB/MG), a bancada classificou a apresentação na avenida como “ofensiva e desrespeitosa” a todos os cristãos do país.

Também considerou que vilipendia e escarnece da imagem de Jesus Cristo. “Aquela apresentação não é arte, é crime”, alegam os deputados. Por isso, a Frente prometeu tomar “as medidas adequadas”, ressaltando que lutará  para que o dinheiro público “não financie espetáculos que configurem crime e que não estimulem o respeito e a tolerância fundamentos de uma nação democrática, plural e majoritariamente religiosa”.

Leia na íntegra:
A Frente Parlamentar Evangélica – FPE manifesta profunda indignação e repúdio ao espetáculo da “Gaviões da Fiel”, no carnaval de São Paulo, com uma apresentação pública ofensiva e desrespeitosa a todos nós, cristãos, ao vilipendiar e escarnecer o Senhor Jesus Cristo e a nossa fé.
Entendemos que aquela apresentação não é arte, é crime. Nenhum direito é absoluto, logo o direito à manifestação artística não se sobrepõe à inviolabilidade da consciência e da crença. As palavras do coreógrafo Edigar Junior revela qual era o propósito: “O foco era chocar. … Alcançamos nosso objetivo que era mexer com a polêmica Jesus e o diabo e a fé de cada um.”


Manifestações dessa natureza estimulam o desrespeito e a intolerância, caminho inverso àquele que nós, brasileiros, estamos buscando consolidar continuadamente.
Lutaremos para que o dinheiro público, fruto de impostos pagos por um povo tão sofrido e carente de políticas públicas de excelência, especialmente na área da educação, da saúde e do enfrentamento à criminalidade e à violência, não financie espetáculos que configurem crime e que não estimulem o respeito e a tolerância fundamentos de uma nação democrática, plural e majoritariamente religiosa.
Com fundamento na Constituição brasileira exerceremos as medidas adequadas.

Brasília – DF, 04 de março de 2019.
Deputado Federal LINCOLN PORTELA
Presidente em Exercício da
Frente Parlamentar Evangélica – FPE

Damares quer penas mais duras pra líderes religiosos que cometem crime sexual


A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, já relatou que foi vítima de abuso sexual na infância e prometeu combater a prática.

No final de fevereiro, teve um encontro com promotores de Justiça do Ministério Público de Goiás, em Goiânia, onde defendeu penas mais duras para abusadores, dando ênfase nos líderes religiosos. O médium goiano João de Deus tornou-se réu por crimes sexuais. Há centenas de denúncias e algumas delas falam de violações contra menores de idade. Ele está preso, aguardando julgamento.

“Nos próximos dias vamos apresentar uma proposta em regime de urgência. São muitas ocorrências que envolvem líderes religiosos, estamos vendo que não fica restrito a religião. Tem pedófilos fingindo que são pastores, padres, líderes religiosos. Eu já anunciei uma proposta legislativa que, quando o abusador for sacerdote, a pena seja agravada”, explicou a ministra.

Damares deve apresentar em breve uma proposta ao Congresso Nacional, visando alterar a legislação atual.



https://www.gospelprime.com.br/damares-alves-crime-sexual-pastores-padres-medium/

Terroristas se rende a Cristo após verem anjos defendendo cristão de ataque


 Al Bilial*, um ex-muçulmano fanático, há muito tempo foi um membro ativo de sua mesquita local em um reino do Oriente Médio. Enquanto estudava na universidade, um amigo cristão – que também era filho de um evangelista da organização ‘Bíblias para o Oriente Médio’ lhe deu um exemplar de um livreto com a mensagem do Evangelho. Como uma cortesia ao amigo, ele leuo material, mas não acreditou em uma palavra.


Pouco depois, Jesus o surpreendeu ao aparecer diante dele em uma visão.
“Eu sou o Alfa e o Omega”, disse Ele a Bilial. “Eu sou o começo e o fim. Eu morri na cruz e ressuscitei da morte para dar a todos a vida eterna. Aqueles que acreditam em mim terão um lugar comigo no céu. Siga-me sem hesitar!”.
Bilial conseguiu encontrar o livreto novamente e contatou o número impresso sobre ele. Um pastor da ‘Bíblias para o Oriente Médio’ atendeu a ligação e compartilhou a mensagem do Evangelho claramente com ele. Ele não precisava mais de muito para ser convencido a se entregar a Jesus como seu salvador pessoal e Senhor, após aquela visão. Tempos depois de consagrar sua vida a Cristo se comprometeu plenamente com o cristianismo através do batismo.


Tendo grande status, tanto academicamente como no Islã, Bilial era extremamente respeitado por sua comunidade. Mas após ele abraçar a mensagem do Evangelho, seus pais, parentes e líderes da comunidade queriam desesperadamente que ele voltasse ao islamismo. Bilial corajosamente manteve sua preciosa fé cristã.
A comunidade irritada eventualmente o excomungou da mesquita. Todos – incluindo sua própria família – passaram a considerá-lo “um inimigo perigoso”.
Bilial começou a ir para um trecho do deserto para orar todas as noite. Ele se ajoelhava na areia, sozinho diante de seu Senhor, e por quase duas horas orava e adorava a Deus.
Alguns jovens terroristas, sob a liderança do primo de Bilial, Sulfiker*, começaram a formular um plano para matá-lo. Eles primeiro descobriram aonde e quando ele se ia para suas orações noturnas.

Então, armados com bastões de aço e facas afiadas, eles o seguiram e ficaram à espreita para atacá-lo.
Mas os anjos do Senhor cercaram Bilial e lutaram contra os atacantes. Absolutamente amedrontados, os membros da gangue de Sulfiker se dispersaram. Bilial, no entanto, permaneceu tão absorvido pela presença de Deus em seu tempo com o Senhor que nem percebeu o tumulto.
Quando Sulfiker se afastou, de repente ele caiu em um poço profundo. Ele quebrou as mãos e as pernas no outono, então, logicamente, mal conseguiria mover-se, e muito menos sair.
Quando seu momento de oração e louvor terminou, Bilial levantou-se e sacudiu a areia de seus joelhos. Ele então sentiu o Espírito Santo levando-o ao poço em que seu primo havia caído. Ele conseguiu ver imediatamente que Sulfiker precisava de ajuda para sair dali, então desceu e conseguiu subir com o jovem em seus ombros. Sulfiker pensou que seu primo deveria estar furioso com ele.
“Não me mate!”, o muçulmano gritou.

Bilial arrastou-se, puxou-o do poço e fez alguns curativos de primeiros socorros. Ele também orou por seu primo e então levou-o para sua casa e de lá para o hospital.
Sulfiker permaneceu no hospital por várias semanas, com Bilial quase que constantemente ao seu lado. Quando pareceu ser o momento certo, ele compartilhou a mensagem do evangelho com seu primo lesionado. Sulfiker então revelou tudo o que aconteceu na noite de sua queda. Envergonhado, ele confessou seus pecados e também se entregou a Jesus Cristo como seu salvador pessoal e Senhor.


Os amigos de Sulfiker – os companheiros de ataque – também o visitaram no hospital. Eles obviamente tinham ficado tão assustados quanto ele, ao se depararem com aqueles anjos guerreiros. Quando Sulfi compartilhou com eles a mensagem da salvação disponível e possível somente em Jesus Cristo, eles também precisaram de pouco para serem convencidos disso e se juntaram a ele em uma oração para se entregarem Jesus.

Todos já foram excomungados de sua mesquita e enfrentaram severas perseguições. Eles também participam secretamente de cultos de adoração em uma igreja subterrânea da região e trabalham evangelizando pela organização Bíblias para o Oriente Médio.
*Os nomes citados nesta matéria são fictícios para preservar a segurança destes cristãos, que vivem em área de grande intolerância religiosa.

 https://www.gospelgeral.com.br/2019/03/terroristas-se-rende-a-cristo-apos-verem-anjos-defendendo-cristao-de-ataque/

sexta-feira, 1 de março de 2019

MACABRO: Criminoso bebe sangue do pastor após matá-lo em Belford Roxo

BELFORD ROXO - Um pastor foi assassinado brutalmente com golpes de barra de ferro no Barro Vermelho, em Belford Roxo, na manhã desta sexta-feira (01 de março). Fábio de Souza Brito, 38 anos, foi preso por policiais militares do 39º BPM (Belford Roxo) em flagrante e, segundo a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), o acusado bebeu o sangue do evangélico Ronaldo Calazans Inês, de 56 anos, num copo descartável após cometer o crime.

De acordo com o 39º BPM, os agentes foram acionados para o local do crime, na Rua Guassupi, e encontraram o pastor morto. Após buscas, Fábio foi detido com a barra de ferro na laje de uma residência na Rua 10, e conduzido para a DHBF. 


Moradores ficaram chocados com a crueldade do crime. Testemunhas disseram que Fábio reagiu após o pastor ter entregado um panfleto e convidado ele para ir à igreja.

Segundo a DH, o acusado revelou aos agentes o ato macabro de beber o sangue da vítima. A motivação do crime não foi divulgada. Após prestar depoimento, ele foi encaminhado para o sistema prisional.
 
 
 
 https://noticiasdebelfordroxo.blogspot.com/2019/03/macabro-criminoso-bebe-sangue-do-pastor.html?fbclid=IwAR0L7zstdW5HaXt0A6jYel23fK2RcPJ0I9vhJk9ktJsZEkPXa5Qn_YKGJhY

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

REJEITANDO O SENTIMENTO DE CULPA


Se você ainda se sente culpado depois de confessar seu pecado e lembrou-se de que está perdoado, adivinhe quem está lançando a culpa sobre você. É o velho ambulante da culpa, ele mesmo, Satanás. Ele não deseja que você se lembre de que Deus acabou com seu pecado na cruz. É por isso que precisamos de um advogado de defesa diante do Pai. O nome Satanás significa “O Acusador”.

Cristo não tem de nos defender contra o Pai; Ele nos defende contra Satanás, perante o Pai.
Aqui está uma cena que PROVAVELMENTE ocorreu no céu, na presença de Deus, hoje. Podemos agradecer a Jó por este pedaço de conhecimento da tática de Satanás.
O inimigo foi para lá hoje com uma pasta de documentos sobre cada um dos filhos de Deus. Ele levou um dossiê sobre João, Pedro, Luiz e Karina, e especialmente um grande arquivo sobre Hal.
- Ele acusa e aponta:
- “Ah, ah! Temos aí o Hal. Ele é um de Seus filhos, pois não? Viu o que ele acaba de fazer?”
Satanás começa a acusar.
Então Jesus se aproxima e diz: - “Pai, o Hal creu em Mim em 1958. O perdão que eu adquiri na cruz foi então aplicado a ele. Esta é nossa única justificativa”.
E o Pai diz: - “Acusação rejeitada! Caso encerrado!”
Deus não permitirá que ninguém discipline Seus filhos senão Ele mesmo. Ele o fará em amor porque Ele é livre para lidar conosco em graça. Deus, à base de Seu Espírito que reside em nós, em quem Ele confia e instalou na vida de cada crente, está nos produzindo diariamente à imagem de Jesus.
Jesus mesmo prometeu: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei”: Hebreus 13.5. Graças a Deus que Ele “vive sempre para interceder por nós”, e por causa disso podemos “Achegar-se confiadamente junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”: Hebreus 4.16
Depois que Satanás nos acusa perante Deus e não faz qualquer progresso ali, ele começa a acusar nossas consciências. Ele nos coloca como que numa roda-viva: pecar, fazer voto de que não repetiremos, tentar pecar, e então pecar novamente.
Não podemos esquecer que o problema não é se Deus vai nos perdoar, mas, se vamos crer que Ele já nos perdoou e confiar Nele para obter a força interior para voltar do pecado.
Antes de mais nada, Deus quer que vejamos nosso pecado como Ele o vê – é pecado. Mas Ele não quer que perecemos aí. Se realmente concordamos com Deus a respeito de nosso pecado, então nós também temos de vê-lo como já perdoado.
Deus quer que nos voltemos do pecado e comecemos a confiar Nele para capacitar-nos a alcançar vitória sobre o pecado no futuro.
Se não julgamos nosso pecado deste modo, aceitando Seu perdão, Satanás entra e segura com força aquele cabo da culpa. Ele fará que tentemos compensar nossos pecados e terminaremos punindo a nós mesmos ou alguém mais por tentar aliviar a culpa.
Pense nisso! Temos acesso à presença de Deus. “Aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo os corações purificados de má consciência, e lavado o corpo com água pura” : Hebreus 10.22.
Deus nos ama e nos aceita. Estamos perdoados! Ele quer que confessemos o que temos feito e lhe demos graças por seu perdão.