Papel de parede volta de Jesus
"ENTREGA TEU CAMINHO AO SENHOR, CONFIA NELE E O MAIS ELE FARA".
SALMOS 37.5

domingo, 29 de maio de 2016

CRIOGENIA - BRINCANDO DE SER DEUS: 'CONGELANDO MORTOS PARA VOLTAREM A VIVER'


O que é?
A Criogenia Humana é a técnica de congelamento de cadáveres, ou células, para que sejam ressuscitados no futuro. Nos dias atuais isso já se realiza com embriões: óvulos fecundados podem ficar no frigorifico com boas hipóteses de sobreviver a um descongelamento (60%).
Com base nisto, muitas pessoas acreditam que esta técnica possa funcionar com seres humanos inteiros. Atualmente cerca de 177 pessoas e cerca de 60 animais já foram congelados depois de morrerem.
Como é realizada?
Após a morte do individuo, os médicos colocam-no num tanque de nitrogénio líquido, guardado a -196ºC (temperatura em que não há decomposição das células do corpo).
Os cientistas acreditam que daqui a 500 anos irão descobrir uma maneira de combater a doença que causou a morte do individuo e o irão descongelar.
Como funciona a criogenia
I. Quando o paciente é declarado morto, os médicos tentam evitar a deteriorização do corpo injetando medicamentos e usando máquinas para que se mantenha a circulação do corpo e a oxigenação, evitando a morte de partes singulares.
II. O corpo é envolvido numa espécie de manta, que o ajuda a mantê-lo frio, e é então transportado até uma clínica em temperaturas baixas, que fazem o cérebro exigir menos oxigênio para manter os tecidos vivos por mais tempo.
III. Na clínica, o sangue do paciente é retirado, enquanto por outro tubo, é inserido um líquido crioprotetor (substância química a base de glicerina). Este líquido substitui outros compostos intracelulares, evitando assim que se formem cristais de gelo dentro das células.
IV. Depois da injeção das substâncias, o corpo fica numa cabine com gás nitrogênio circulante por cerca de três horas. Este processo assegura que todas as partes do corpo fiquem congeladas por igual. No final desta etapa, o paciente estará completamente vitrificado.
V. Em seguida, o corpo é colocado num saco de plástico protetor e imerso num cilindro de nitrogênio liquido, onde é monitorizado. Nesta fase, há riscos que ocorram fraturas no corpo, principalmente nas áreas que são submetidas à vitrificação(o próprio líquido criogênico pode endurecer e partir).
VI. Por fim, o corpo é colocado num tubo de nitrogênio com mais três corpos e duas cabeças. Os corpos podem ficar ali por centenas de anos até que a ciência descubra um modo de os ressuscita-lo.
Onde é realizado?
Hoje o processo só é realizado por duas empresas: a Alcor e a Cryonics Institute. A criogenização não é fácil e muito menos barata.
Alcor
A Alcor Life Extension Foundation é o líder mundial em criogenia, a pesquisa cryonics e tecnologia cryonics. Alcor é uma organização sem fins lucrativos localizada em Scottsdale, Arizona, fundada em 1972. Valores não atualizados:
. Corpo inteiro: R$ 352 mil
. Só a cabeça: R$ 146 mil
Cryonics Institute
Em 1976 foi formado o Instituto Cryonics, para oferecer serviços de Criogenia com o objetivo de criar uma preparação cuidadosa, resfriamento e tratamento do paciente a longo prazo em nitrogênio líquido.

Total de tudo que já está congelado:
 
Total de membros: 940
Membros financiado com contratos: 460
Os pacientes humanos : 107
Amostras de tecido humano / ADN: 179
Animais de estimação: 82
Amostras de tecido animal / ADN: 51
Valores cobrados pela Cyronics:
. Corpo inteiro: R$ 82 mil
. Animal de estimação: R$ 17 mil
Desvantagens
a) Ainda não se sabe como voltar a ressuscitar as pessoas que se submeteram a esta técnica;
b) Depois de ressuscitada a vida de um indivíduo este poderá não se lembrar de nada que fez ou mesmo quem era na sua “antiga vida”.
C) Aumentaria o número da população o que poderia causar um sério risco de superpopulação.
Filmes que já abordaram a Criogenia
. “Sleeper” de 1973;
.  “2001: Uma odisséia no espaço” de 1968;
. “Austin Powers: um agente nada discreto” (1997);
. “Eternamente Jovem” (1992);
. “A.I. – Inteligência Artificial” (2001).
Quem foi o primeiro a ser congelado?
James Hiram Bedford(1812-1893), foi professor na Universidade da Califórnia. Ensino psicologia e escreveu vários livros sobre aconselhamento profissional.
Em junho de 1965,a Cooper Sociedade Life Extension(LES), ofereceu a oportunidade de preservar uma pessoa de forma gratuita, afirmando que "a Sociedade de Extensão da Vida agora tem instalações modernas de emergência e congelamento a curto prazo e que poderia armazenar nosso amigo, o grande homeotherm (homem)". LES oferece para congelar gratuitamente a primeira pessoa e isso atenderia também aos desejos de se testar pela primeira vez a Criogênica. "Bedford aproveitou a oportunidade e foi confirmado como o primeiro candidato. Bedford sofria de câncer de rim , que mais tarde, evoluiu para o tipo 'metástase' em seus pulmões , uma condição que era intratável no momento. Bedford deixou U$ 100.000 para Cryonics Pesquisa, por sua vontade, porém, mais do que esse montante foi utilizado pela esposa e o filho de Bedford no tribunal, para ter que defender sua vontade e sua criopreservação devido a argumentos criados por outros parentes que não concordavam com a prática. 

Corpo de Bedford sendo preparado
Envolto em um novo saco Dacron(fibra sintética de poliéster), como um saco de dormir e afixado na maca de aço inoxidável com corda de nylon, Dr. Bedford está preparado para a colocação no Cilindro.
Cilindro do Dr. Bedford na Galiso como fotografada por Greg Fahy, por volta de 1971
Conclusão
"No início quando observamos o nosso trabalho e ainda como não o conhecíamos, mostramos algum descontentamento, mas depois, após a realização da pesquisa, verificamos que afinal conhecíamos o tema mas não havíamos usado esse termo. Foi um trabalho interessante de se realizar pois ficamos a conhecer melhor esta técnica e tivemos a certeza que ela funcionaria e que no futuro, ela seria usada em grande escala", disse o Dr.Robert Prehoda, responsável em congelar Bedford.
Abaixo, o cilindro onde a pessoa(corpo inteiro) é colocada para para preservar-se todo o corpo por tanto tempo for necessário
Fontes:
. http://www.alcor.org/index.html
. www.cryonics.org
. http://blogdonata.blogspot.com/2011/02/criogenia-fatos-mitos.html
.http://www.alcor.org/Library/html/BedfordLetter.htm

Um comentário:

Claudio Elias Do Nascimento disse...

Eles congela o espirito também? Eu fui reformar um tumulo aqui em São Jose do Rio Preto SP fazer a parte de cima do tumulo que tem o nome (sobreposta) na hora de pagar a taxa de reforma estava escrito que não podia ser mais alto que 60 CM ai o empreiteiro me disse se eu fazer isso mais alto eles manda eu embora eu tenho o papel aqui comigo,além deles encher o caichão de parafuso fecha tudo em 60cm com tijolo massa forte e ainda prende a tampa de marmore JESUS CRISTO é bom pelos 2 lados e se a pessoa não morresse com nada...se o assunto aqui fosse sexy todo mundo ia gostar.